Como tirar um CPF

Compartilhar é se importar!

Existem alguns documentos que se mostram fundamentais para todos cidadãos que desejam ter livre acesso a algumas ações comuns da vida civil. Um exemplo para isso é o cadastro de pessoa física, popularmente conhecido como “CPF”, e, que é composto por números que facilitam o acesso à informações das pessoas.

O documento se caracteriza como um banco de dados gerenciado pela Receita Federal e uma vez cadastrado, será o número de “registro” definitivo da pessoa – onde o mesmo acompanhará a mesma por toda a sua vida civil, mesmo se no futuro mudar o seu estado civil e altere outras informações em sua identidade.

Para aprender com detalhes como tirar um CPF, basta continuar lendo o artigo.

A internet tem facilitado diferentes ações dos seres humanos e entre elas existe a possibilidade de destacar o cadastro ou solicitação de documentos próprios e, a partir disso, podem obter acesso ao documento desejado com mais facilidade e principalmente, rapidez – sem existir a necessidade de ir em diferentes locais.

O CPF, por exemplo, é um documento que pode ser solicitado via internet, mas para isso é necessário que a pessoa que deseja solicitar a sua inscrição gratuita no documento, deve ter mais de 16 anos de idade e ter o título de eleitor. Caso contrário, será preciso ir até uma das entidades conveniadas da Receita Federal.

Entenda que a solicitação do documento deve ser feita pelo próprio solicitante, exceto os casos de menores de 16 anos, que podem ir acompanhados dos seus – ou em casos de bebês e crianças, basta os responsáveis comparecerem em um local de atendimento conveniado da receita, portanto documentos necessários.

Aprenda o passo a passo para você tirar o seu CPF

Pela internet, basta entrar no site oficial da Receita Federal e uma vez que a sua página for aberta, deve clicar em “CPF”, geralmente localizado no menu lateral – como um dos serviços mais procurados pelos usuários. Em seguida, deve clicar em “Pedido de Inscrição no CPF” – mas se preferir, pode clicar diretamente aqui.

Assim que clicar nessa opção, será aberta uma nova página com um formulário, em que basta preencher os dados solicitados que incluam data de nascimento e inclusive o nome de seus pais. Após preencher todo o formulário, deve-se clicar em “Enviar” e caso a sua inscrição tenha sido feita com sucesso, será gerado um  número de inscrição no cadastro de pessoa física, o CPF, e o seu comprovante.

Mas, para os casos em que a pessoa tem menos de 16 anos, é possível solicitar a inscrição no cadastro de pessoa física em uma unidade conveniada da Receita e para saber qual o local mais próximo de seu endereço basta que busque sobre o site oficial do órgão público. Uma vez que tenha encontrado a unidade, basta ir até o local e solicite seu CPF – mas deve apresentar a certidão de nascimento.

Este documento pode ser solicitado por qualquer pessoa, não tendo uma idade mínima para isso. Ou seja. Esse CPF poderá ser emitido, também, para os recém nascidos, além de brasileiros ou estrangeiros (mas, desde que sejam residentes no Brasil ou no exterior). Essa inscrição é feita apenas uma vez na vida, gerando um número de inscrição para cadastro de pessoa físico único e ainda, definitivo.

Em ambos os casos a Receita Federal não emite mais o cartão – que era comum no passado. Por essa razão, é crucial que a pessoa anote em um lugar fácil de se visualizar o número de inscrição no cadastro de pessoa física. Caso contrário, se esquecer, tende ser necessário dirigir-se a uma unidade conveniada da Receita.

Compartilhar é se importar!

11 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo